Atualizado 10/10/2017

Censo Agropecuário deve percorrer mais de 200 mil propriedades em SC

Pesquisa voltou a ser realizada depois de 10 anos. Dados servirão para dar base a estudos e implantação de políticas públicas na agricultura.

Os recenseadores do IBR (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) já estão nas propriedades rurais de Santa Catarina para coletar informações para o Censo Agropecuário 2017. Os dados coletados vão servir de base para estudos e implantação de politicas públicas na agricultura. A pesquisa não era feita havia 11 anos.

Um dos produtores que recebeu a equipe do Censo foi Adão Carlos da Silva é criador de gado e nunca tinha participado de uma pesquisa assim. Ele montou o negócio próprio há quatros anos. “Por enquanto está sendo minha única renda. Só o gado e o pinhão. Na época do pinhão a gente tira o pinhão também”, disse.

Outro que participa do Censo é Nilton de Oliveira Camargo. Ele, que mora na cidade e trabalha no campo, começou a gerenciar o pomar faz pouco tempo. Por enquanto o cenário do escritório dele está florido – flores que vão se transformar em maça, que é o que garante o sustento não só da família do Nilton, mas de outras também.

“Daqui que tira o sustento e pagamos os funcionários que nós temos aqui, que estão trabalhando, que vivem aqui... Umas 14, 15 famílias... É daqui mesmo fruta que nós pagamos eles”, disse Camargo.

A pesquisa está prevista para ser realizada até fevereiro do ano que vem. Os profissionais usam boné, colete e crachá.

“No crachá consta ali o número do telefone, um 0800 se a pessoa quiser confirmar a matricula e a idoneidade desse recenseador. Eu peço que os informantes fiquem bem à vontade para fazer isso”, disse Airton Ribeiro dos Santos, coordenador do Censo na Serra.

Fonte: G1
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções