Atualizado 25/04/2019

Corinthians bate a Chapecoense e vai às oitavas da Copa do Brasil

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Vaga sem sustos

O Corinthians está nas oitavas de final da Copa do Brasil. Depois de perder por 1 a 0, em Santa Catarina, o Timão venceu a Chapecoense por 2 a 0, nesta quarta-feira, em Itaquera, e avançou na competição nacional. Boselli, no primeiro tempo, e Mateus Vital, no segundo, marcaram os gols da classificação alvinegra. O adversário na próxima fase sairá de um sorteio a ser marcado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

 

Primeiro tempo

Precisando inverter o resultado negativo do jogo de ida, o Corinthians mudou sua estratégia e foi ao ataque – pressionando a saída da Chapecoense e buscando jogadas em velocidade pelos lados. Bem diferente da postura defensiva dos últimos jogos, o Timão teve a posse de bola e criou mais (foram cinco finalizações e 55% de posse). Apesar das boas trocas de passes, o gol saiu de um belo lançamento de Ralf para Boselli, que dominou no peito, saiu da marcação de Eduardo e finalizou sem chances de defesa, aos 15 minutos. A Chape, depois disso, só chegou em lances esporádicos pelo alto. No fim, um susto: Sornoza ficou caído após trombada com Carlos Augusto, companheiro de equipe, e precisou de cuidados médicos.

Segundo tempo

O Corinthians voltou do intervalo tentando sufocar. Aos seis minutos, Fagner fez boa jogada pela direita e cruzou. Boselli não alcançou. Pouco depois, Ralf arrancou, invadiu a área e bateu por cima, perdendo grande chance. A Chape também assustou, aos 12, com Everaldo cabeceando por cima. O Timão chegou ao segundo gol aos 24 minutos. Após nova bela descida de Fagner pela direita, Mateus Vital, que entrara no lugar de Pedrinho, pegou a sobra na área e ampliou. A Chape não demonstrou força para reagir. Pior: quase sofreu o terceiro, com Vagner Love chutando por cima. Nos minutos finais, a equipe catarinense tentou pressionar, mas esbarrou na boa marcação corintiana.

Elicarlos no hospital

O volante da Chapecoense está hospitalizado em São Paulo com suspeita de fratura na bacia. Ele precisou ser substituído aos 25 minutos do primeiro tempo depois de uma pancada nas costas em disputa com Ramiro. O jogador caiu no gramado com muitas dores no lado esquerdo do corpo e deixou o estádio com o auxílio de uma cadeira de rodas.

Fonte: G1
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções