Atualizado 21/12/2018

Verão deve ter influência do fenômeno climático El Niño

O Verão começa hoje às 20h23min e a estação deve ter influência do fenômeno climático El Niño.

Verão começa hoje às 20h23min e a estação deve ter influência do fenômeno climático El Niño.

Na tarde de quinta-feira tivemos mais uma reunião do Fórum Climático Catarinense, um encontro mensal no qual meteorologistas de todas as regiões do nosso Estado se unem para elaborar em conjunto a previsão de clima dos três meses seguintes. 

Segundo os meteorologistas, ainda estamos num período chamado de neutralidade, mas muito provavelmente, com 90% de chance, vamos ter um El Niño ao longo do Verão. Esse fenômeno ocorre devido ao aquecimento das águas do Pacífico Equatorial. Se confirmado, o El Niño será de intensidade fraca a moderada.

As principais características desse fenômeno no verão, aqui em Santa Catarina, são temperaturas mais altas e a regularidade da chuva. 

Confira a seguir a Previsão Climática para os meses de Janeiro, Fevereiro e Março

TEMPERATURAS

Durante a estação, as temperaturas devem ficar dentro do que é esperado para esta época do ano, ou seja, um verão bem típico. 

No entanto, são esperadas de duas a três ondas de calor que podem trazer temperaturas acima do previsto para a estação, até mesmo durante as noite, por vários dias consecutivos. 

CHUVA

Os volumes de chuva devem ficar dentro do normal para esse trimestre, ficando acima da média apenas na região Oeste. 

As pancadas de chuva entre o final de tarde e o início da noite, características da região Sul do Brasil, devem ocorrer ao longo de todo o verão, mas principalmente em Janeiro, quando ela será mais frequente. A chuva nos meses de Fevereiro e Março deverá ocorrer de forma mais irregular, intercalando com períodos mais secos. 

TENHA CUIDADOS NO VERÃO

Usar roupas de cores claras e adequadas ao tipo de atividade que se faz está entre as dicas dos meteorologistas, assim como o uso de boné, óculos escuros e protetor solar.

Para quem costuma fazer exercícios físicos em locais quentes, o ideal é diminuir a intensidade em pelo menos 20% do habitual. Isso porque a ocorrência de câimbras pode indicar perigo de choque térmico.

É fundamental hidratar o corpo com muita água ou isotônico, além, de dar preferência aos alimentos ricos em fibras, sais mineiras, vitaminas e aos horários em que o sol está mais fraco.

Fonte: Versar
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções